Black Friday 2020: como se adaptar e criar as melhores ofertas

Estamos nos aproximando do final do ano e já está na hora de preparar sua loja para um dos eventos mais importantes para o comércio nesse período: a Black Friday Brasil.

Esta data promocional é uma novidade que importamos dos Estados Unidos e que em poucos anos tornou-se a segunda data mais importante do varejo brasileiro depois do Natal.

E, para este ano, a expectativa dos lojistas é ainda maior. A FecomercioSP prevê um aumento de até 3% nas vendas do comércio varejista em novembro comparada ao mesmo período do ano passado. 

Apesar do crescimento do comércio eletrônico diante da pandemia de COVID-19, o relatório Temporada Black Friday feito pelo Google confirma que, nesta data, as pessoas ainda estão motivadas a comprar nas lojas físicas. 

Em alguns setores, como o de confecções, há grande necessidade de ver e escolher os produtos pessoalmente. 

Portanto, reserve suas melhores ofertas e descontos para esta temporada e não fique para trás na hora de preparar sua loja.

Para te ajudar, escrevi este artigo, onde vou explicar como as lojas físicas podem agir para vender mais na Black Friday.

Black Friday nas lojas físicas: vale a pena participar?

A primeira vantagem de participar da Black Friday é a oportunidade de aumentar o volume de vendas e atrair clientes para a loja.

Em muitos casos, lembrando a história dos varejistas americanos, essa pode ser literalmente a chance de sair do vermelho e equilibrar o caixa do negócio.

A data também permite fazer promoções para queimar o estoque e abrir espaço para novas coleções que venderão no Natal. 

Ao renovar suas mercadorias, você tem a chance de repensar o planejamento de vendas e adequar o mix de produtos da loja às preferências do consumidor.

Outra vantagem de aderir à Black Friday é seu potencial para captar novos clientes

Por meio de uma oferta divulgada nessa data, muitos consumidores podem entrar em contato com a sua loja pela primeira vez.

Esta é a oportunidade ideal para fidelizá-lo e manter um relacionamento ao longo dos próximos meses.

Se você fizer a venda pelo crediário, fica ainda mais fácil criar esse vínculo.

Afinal, o cliente retornará à loja todo mês para pagar o carnê e cabe a você conquistá-lo com bons produtos, excelente atendimento e condições facilitadas de pagamento.

Prepare sua loja para a Black Friday

Para sua loja vender mais na Black Friday, planejamento deve ser a palavra de ordem.

Saiba muito bem o que está vendendo, por quanto está vendendo e o quanto pode ser oferecido como desconto.

Depois, prepare sua equipe, seu espaço físico e suas ações de marketing para atrair o maior número de clientes possível. 

Seguem algumas dicas práticas para ajudar você a se preparar para a Black Friday:

Planeje o seu estoque

Entre em contato com os fornecedores e converse com eles para negociar preços melhores para esta data.

Tente também conseguir produtos novos e diferentes, que tenham potencial para atrair clientes mas não concorram diretamente com os itens que já fazem parte do mix da loja.

Calcule bem os descontos

Dar descontos é importante. Afinal, é isso que atrai o consumidor para a Black Friday. 

Mas tenha cuidado para não “se empolgar demais” nas promoções! 

É preciso mensurar os custos, checar o estoque antecipadamente, planejar bem a gestão, calcular suas margens e não cometer o erro de conceder descontos que vão comprometer o seu fluxo de caixa.

Seja honesto nas ofertas

Quando falamos em promoções, é importante ser sempre transparente e honesto com o consumidor. 

Muita gente já foi enganada na Black Friday e, infelizmente, a data já se tornou sinônimo de falsas ofertas para alguns consumidores que até apelidaram a data de “Black Fraude”.

Se à primeira vista pode parecer vantajoso aumentar o preço na véspera da promoção para depois anunciar um desconto falso, pense duas vezes. 

O consumidor não vai perdoar a sua loja quando descobrir que foi enganado!

Garanta uma experiência mais segura aos clientes

A pandemia mudou a percepção do consumidor. Neste ano, as filas e aglomerações não vão fazer o mesmo sucesso que nos anos anteriores. 

Por isso, especialistas do varejo destacam a importância de desenhar a experiência física na lojas da maneira mais cuidadosa possível

De acordo com o relatório do Google, 55% dos brasileiros entrevistados querem compras sem contato. 

Então, algumas boas práticas devem ser adotadas, como: 

  • Aumentar a segurança na loja;
  • Repensar a experiência para deixar a compra mais rápida e com menos contato; 
  • Organizar o fluxo para evitar aglomerações.

Tenha vendedores preparados

Outro aspecto fundamental é o atendimento. 

Nesta Black Friday, a equipe de vendedores precisa estar preparada para estimular as vendas, manter a qualidade no atendimento e garantir segurança e praticidade nos processos.

Portanto, certifique-se de que todos estão preparados para atender às medidas de seguranças, tenham um bom conhecimento sobre os produtos à venda e saibam explicar como funcionam os descontos e a política de crédito da loja. 

Eles devem ser instruídos a oferecer itens adicionais para que o cliente leve algo mais além do artigo em oferta.

Tenha uma logística confiável

Você também deve preparar sua estrutura, seu espaço e seu estoque para uma demanda maior do que o usual. Em muitos casos, o nível de preparação deve ser semelhante ao do Natal. 

Caso você tenha um e-commerce, é importante saber que a expectativa é de grande impulso das vendas por canais digitais. 

Por esse motivo, é necessário ter a estrutura adequada para ter um bom atendimento, receber os pedidos, além de uma logística confiável para a entrega dos produtos.

Divulgue as promoções

De nada adianta ter as melhores ofertas da Black Friday e as melhores condições no crediário se ninguém ficar sabendo. 

Procure divulgar suas ofertas de forma mais intensa nas redes sociais. 

Outra ótima ideia é fazer uma página especial no seu site apenas com as ofertas da Black Friday, antecipando a data e pedindo o e-mail do consumidor para enviar ofertas exclusivas. 

Algo semelhante a este site, criado pela rede calçadista Studio Z.

Prepare a vitrine e o PDV

Nem só de divulgação virtual vive uma loja. 

Uma vitrine atraente e diferenciada também tem a sua importância na hora de atrair clientes para suas promoções de Black Friday.

Da mesma forma, busque sinalizar a loja por dentro indicando os produtos em oferta. 

Vale até preparar um material exclusivo para a data, incluindo um cartaz especial para a Black Friday e adesivos na fachada destacando as ofertas. 

Seja criativo!

Black Friday

Aproveite a Black Friday para vender no crediário

O movimento gerado pela Black Friday no comércio representa uma oportunidade única para quem vende no crediário próprio

Se você preparar bem a sua loja para essa data poderá obter excelentes resultados em vendas, além de atrair novos compradores e reativar clientes inativos.

E como fazer tudo isso?

É fácil. Basta priorizar as vendas no crediário!

A partir de agora vou mostrar porque esta é a melhor forma de aproveitar a sede do consumidor por promoções durante a Black Friday.

Usando o crediário de forma estratégica, você garante que os benefícios obtidos nessa data continuem a render frutos para o seu negócio durante os meses seguintes.

Pense bem. 

Alguns clientes que vão comprar na Black Friday têm dinheiro na mão, principalmente devido ao décimo-terceiro. 

Só isso já ajuda muito a reduzir o risco nas vendas pelo crediário.

É claro que você nunca pode deixar de fazer a análise de crédito. Mas, em geral, você estará vendendo pra alguém cujas chances de pagar são enormes!

E não para por aí: neste ano, com a pandemia, 59% das famílias, de acordo com o Google, tiveram redução na renda familiar e 80% dos brasileiros tiveram suas compras impactadas pelo Covid.

Por isso, vou listar agora algumas ações práticas para transformar o seu crediário na grande estrela dessa Black Friday!

Transforme vendas à vista em vendas a prazo

O estudo do Google já mencionado também investigou sobre as preferências em relação aos meios de pagamento. 

Os dados revelam que, em 2020, 36% dos brasileiros entrevistados estão interessados em parcelamento em mais vezes nessa Black Friday – é a maior porcentagem da pesquisa.

Com um bom marketing, atendimento bem direcionado e ofertas especiais, sua loja conseguirá convencer facilmente os clientes a comprarem parcelado!

A primeira vantagem é que as vendas no crediário costumam ter um ticket médio maior. 

A segunda é que vendendo no carnê você garante clientes recorrentes nos próximos meses.

E mais do que isso: garante que eles estarão dentro da sua loja para comprar os presentes de Natal!

Faça promoções para clientes de baixo risco

Uma estratégia utilizada por muitas redes de varejo é identificar no cadastro da loja quais são os clientes com menor risco de inadimplência e oferecer promoções especiais para eles. 

Afinal, são clientes que já compraram no seu carnê e sempre pagaram em dia.

Por isso, o ideal é que você já tenha todo o cadastro da loja classificado de acordo com o risco de crédito. 

Sabendo quais são os clientes de baixo risco, médio risco e alto risco, você pode selecionar apenas o primeiro grupo e fazer uma campanha específica para atrair bons pagadores.


Traga de volta clientes inativos

Para fazer isso, em primeiro lugar você precisa saber quais os clientes no seu cadastro que não compram na loja a mais de X meses. 

Mas não basta ser qualquer um. 

Sabe aquele cliente que comprou uma vez, pagou tudo certinho e nunca mais voltou? 

Agora é a hora de fazê-lo retornar à loja para fazer uma nova compra.

Para fazer isso você vai precisar atrair a atenção desse cliente e encantá-lo com ofertas especiais. 

Aposte em ações de e-mail marketing, SMS e WhatsApp especialmente para trazê-lo de volta. 

Além de oferecer promoções realmente tentadoras, seja criativo no marketing e faça o cliente se sentir especial por ter sido lembrado depois de tanto tempo.

Conquiste novos clientes para o crediário

É claro que novos clientes aparecerão naturalmente na sua loja devido ao grande movimento do comércio na época da Black Friday.

Contudo, mesmo que você promova o crediário, muitos deles ainda vão preferir comprar à vista ou no cartão.

Não há problema algum nisso, mas aproveite para cadastrá-los mesmo assim! 

Um formulário simples já basta. Não precisa ser a mesma ficha detalhada que você usa para os clientes do crediário.

A intenção é obter alguns dados básicos (como nome, idade e sexo), além do e-mail e do WhatsApp do cliente.

Com isso, você pode direcionar futuras campanhas para “vender” o crediário a esse grupo que preferiu outras modalidades de pagamento.

Venda em todo lugar

Além de boas ofertas, para se destacar nesse período onde tantas lojas disputam a atenção do consumidor é preciso oferecer algo mais.

Comodidade, por exemplo.

Imagine se você pudesse antecipar a Black Friday levando os produtos até onde seus clientes estão.

Seria um belo diferencial, não é?

Aqui na Meu Crediário, oferecemos uma solução para que sua loja faça vendas no crediário em qualquer lugar usando apenas um telefone celular.

Agora você pode vender e cadastrar clientes em qualquer parte da loja (enquanto esperam na fila do crediário, por exemplo!)

Imagine como seria útil para o vendedor ter acesso ao limite do cliente antes de finalizar uma venda. 

Com uma rápida consulta pelo celular, ele teria a possibilidade de oferecer os produtos adequados conforme o limite de cada um.

Mas não é só isso. 

Usando o web app você também pode vender no crediário na casa do cliente, no seu ambiente de trabalho, em feiras de negócios, da mesma forma como já faz na loja.

Isso inclui análise de crédito e aprovação em poucos segundos, com toda a segurança que só o Meu Crediário oferece.

Espero ter contribuído para que essa data possa impulsionar seu negócio para um fim de ano repleto de clientes em 2020. 

Você vai se interessar também

Como-o-Meu-Crediário-ajuda-grandes-redes-a-reduzir-a-inadimplência

Como o Meu Crediário ajuda grandes redes a reduzir a inadimplência

Se você chegou até aqui, talvez esteja se perguntando: como reduzir a inadimplência na minha loja? Identificar essa necessidade ...
5 min de leitura | 12/11/2020
black-friday-no-crediario

Black Friday 2020: como se adaptar e criar as melhores ofertas

Estamos nos aproximando do final do ano e já está na hora de preparar sua loja para um dos eventos mais importantes para o comércio ...
9 min de leitura | 03/11/2020
Reduzir inadimplência e aumentar as vendas: como um afeta o outro

Reduzir inadimplência e aumentar as vendas: como um afeta o outro

Quem vende no crediário sabe que são muitos indicadores para acompanhar, o que, muitas vezes, deixa os lojistas bastante confusos.  Algumas ...
5 min de leitura | 21/10/2020

Deixe seu comentário sobre o artigo

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

A inadimplência não te deixa dormir?

Análise de crédito, cobranças automáticas e negativação de inadimplentes, tudo no mesmo sistema, tudo rápido e fácil.
Chega de preocupações!

A inadimplência não te deixa dormir?

Análise de crédito, cobranças automáticas e negativação de inadimplentes, tudo no mesmo sistema, tudo rápido e fácil.
Chega de preocupações!