Como vender mais no Dia das Mães em tempos de pandemia

O Dia das Mães é a segunda data mais importante para o varejo brasileiro, perdendo apenas para o Natal. É a oportunidade perfeita para vender mais e melhorar os resultados da sua loja!

Contudo, este ano mais uma vez teremos uma situação atípica no varejo, em decorrência das incertezas geradas pela pandemia de Covid-19. 

Neste exato momento, tem muito lojista se perguntando como vai fazer as vendas no crediário agora no Dia das Mães.

Aliás, como vai fazer qualquer venda nessa data tão aguardada!

Afinal de contas, tem loja que não sabe ainda se vai estar aberta ou se vai estar fechada.

Diante dessa situação, achei melhor dividir este artigo em duas partes: uma para quem poderá atender os clientes presencialmente e outra com dicas especiais para as lojas que estarão fechadas ou com o horário de funcionamento reduzido.

Seja qual for a situação do seu negócio, sempre é possível pensar em novas estratégias para aumentar as vendas no Dia das Mães.

Vamos lá?

O Dia das Mães não é mais como antigamente

Em primeiro lugar, você precisa entender que o Dia das Mães não é mais o “dia da casa”.

O que eu quero dizer com isso?

Que já passou o tempo em que o melhor presente para uma mãe era algum produto para ser utilizado nas tarefas domésticas.

O mundo mudou. E os desejos das mães (que também são mulheres, não vamos esquecer) vão muito além de uma nova máquina de lavar ou o último modelo de aspirador de pó.

Apesar dos eletrodomésticos e eletroportáteis ainda terem grande procura, o presente para as mães mais comprado hoje em dia é o smartphone.

Ou seja: um item de uso pessoal.

Uma pesquisa de consumo feita pela Google apontou que o desejo das mães brasileiras (e também a intenção de compra dos filhos) está cada vez mais voltado para esse tipo de produto.

Quando perguntadas sobre o que gostariam de ganhar nessa data, 33% das mães responderam que preferem roupas, sapatos e acessórios. O mesmo tipo de presente foi citado por 48% dos filhos.

Trata-se da categoria de produtos mais lembrada em ambos os públicos.

Perfumes e cosméticos também são bastante populares, com 30% das preferências dos filhos e 16% entre as mães.

Isso significa que a sua loja deve evitar reproduzir ideias antigas de maternidade e talvez repensar as campanhas com presentes “tradicionais” se realmente pretende vender mais no Dia das Mães.

Que tal tentar algo diferente este ano? 👩💝

Agora que você já entendeu como os desejos das mães estão mudando, vamos às dicas propriamente ditas. 

Em primeiro lugar, aqui estão algumas estratégias bem interessantes para quem terá restrições de funcionamento por causa da pandemia. 

Confira!

Dia das Mães na pandemia: como aumentar as vendas?

Para quem vende no crediário, tanto a forma de ofertar os produtos quanto a maneira de receber as parcelas está sendo reinventada com as restrições trazidas pela pandemia.

O uso de plataformas virtuais pelos vendedores e novas modalidades de transferência financeira têm permitido aos lojistas manter suas vendas pelo crediário, mesmo sem poder receber o cliente no ponto de venda.

Recentemente, gravei um vídeo para o nosso canal no YouTube falando especialmente sobre essas soluções e sobre como elas podem ser utilizadas para vender mais neste Dia das Mães. 

Clique no play e confira!

Gostou das dicas? Aí vai um resumo rápido para você não esquecer:

1. Use o WhatsApp como ferramenta de vendas

Mesmo antes da coronavírus, o WhatsApp já vinha se firmando como um grande canal de vendas para o varejo. Mas com a chegada da pandemia, essa tendência ganhou ainda mais força.

Hoje em dia já podemos perceber que muitas lojas estão conseguindo vender online, mesmo sem ter um site de comércio eletrônico.

Um ponto comum entre elas é o fato de que seus vendedores fazem uso intensivo do WhatsApp para manter contato com os clientes.

Já é comum ver notícias e reportagens mostrando como grandes magazines estão orientando seus vendedores para vender móveis, eletro e celulares pelo aplicativo.

Até mesmo redes de moda e calçados também já descobriram as vantagens de vender pelo WhatsApp durante a pandemia. 

Realmente, trata-se de uma plataforma que revolucionou o contato das lojas com o consumidor e tende a se manter mesmo quando o comércio retornar às condições normais de funcionamento.

Portanto, neste Dia das Mães, aproveite para enviar sugestões de presentes e promoções especiais usando esse novo canal de vendas.

E não só isso: trate de preparar sua equipe para fechar vendas no crediário pelo WhatsApp!

2. Incentive o uso do Pix como forma de pagamento

Quando tratamos de vender no crediário em um momento de isolamento social, é preciso ir um pouco mais além e entender o que move esse público. 

Como o consumidor brasileiro é muito carente de crédito, o fato é que manter uma operação de crediário vai fazer sentido sempre.

Até mesmo quando o cliente não pode entrar na loja para pagar seu carnê.

Essa será a realidade de muitos lojistas neste Dia das Mães. 

E é para essa situação que você deve se preparar.

Pense que ainda teremos que conviver com o vírus por vários meses e que é preciso oferecer alternativas para que o cliente possa pagar as prestações do seu presente sem precisar ir todos os meses até a loja.

Duas alternativas bastante utilizadas pelos lojistas são o boleto bancário e o Pix. 

Eu particularmente gosto de indicar o Pix para quem vende no crediário, por conta dos custos muito mais atrativos na comparação com o boleto.

Além disso, o boleto ainda tem uma série de regras que só complicam a vida do lojista.

A transação via Pix é bem mais simples e fácil, além de ser instantânea.

O melhor a fazer é treinar seus vendedores para incentivar esse tipo de pagamento, mas estar preparado para emitir um boleto caso o consumidor prefira pagar dessa forma.

3. Implante o crediário digital na sua loja

Investir na modernização de operação de crediário pode ser o fator decisivo para a sua loja vender mais nesse Dia das Mães.

Digo isso porque aqui no Meu Crediário, em pouco mais de um ano de pandemia, nós vimos lojistas que mantiveram a loja fechada durante 21 dias e ainda assim conseguiram vender 50% do volume projetado para o mês.

Boa parte desse volume veio das vendas no crediário. 

E quando eu digo boa parte eu estou falando algo entre 80% a 90% das vendas.

São lojistas que continuaram trabalhando as vendas virtuais, seja no WhatsApp ou no Instagram, proporcionando uma experiência de contato permanente do cliente com a loja.

Mas não só isso.

Eles adotaram ferramentas digitais que lhes permitiram combinar o serviço de delivery com a aprovação de crédito.

Essa praticidade, combinada com a agilidade do pagamento via Pix, passa uma imagem de eficiência e conveniência para o cliente. 

Então pense na crise atual como uma oportunidade estratégica.

Este pode ser o melhor momento para emplacar na sua loja um novo modelo de crediário digital!

Agora que você já sabe como usar a tecnologia para contornar as dificuldades impostas pela pandemia neste Dia das Mães, confira agora algumas ideias para quem puder abrir as portas nesta data.


Como vender mais no Dia das Mães: Dicas práticas 

Não podemos esquecer que o Dia das Mães é a segunda melhor data de vendas para o varejo, perdendo apenas para o Natal.

Por isso, o lojista que tiver condições de manter seu ponto de venda aberto nas próximas semanas deve aproveitar a oportunidade e investir em ações para atrair a atenção do consumidor.

Vender mais neste Dia das Mães pode ser o impulso que faltava para tirar o seu negócio da inércia e superar as dificuldades dos últimos meses.  

Então é importante ficar atento a essas dicas:

1. Capriche na decoração da vitrine

Para chamar a atenção do cliente e vender mais nas semanas que antecedem o Dia das Mães você precisa de uma boa estratégia de comunicação visual, começando pela decoração da vitrine.

A primeira dica para acertar na estratégia é colocar-se no lugar do cliente que você espera atrair. Escolha algumas boas sugestões de presentes e exponha com destaque na vitrine.

Também vale usar adesivos temáticos, balões coloridos e cartazes promocionais em homenagem à data.

Se você trabalha com crediário, aproveite para fazer promoções que incentivem a compra no carnê. Ao exibir os preços, não esqueça de dar maior destaque para o valor da parcela do que para o preço à vista.

E depois que o Dia das Mães passar não esqueça de medir os resultados da sua vitrine.

Isso é fundamental para que você entenda o que funcionou e o que não funcionou na sua estratégia de comunicação visual e evite repetir os mesmos erros no próximo ano.

2. Crie um clima agradável dentro da loja

Para ter bons resultados com as vendas para o Dia das Mães também é importante investir em estratégias que ajudem a criar a melhor ambientação para a sua loja.

Afinal, quanto mais agradável for a experiência de compra para o consumidor, mais tempo ele vai querer passar dentro do seu estabelecimento.

Lembre-se de garantir um ambiente seguro também contra o coronavírus, seguindo à risca os protocolos sanitários e orientando todos os consumidores a segui-los. 

Para obter melhores resultados nessa estratégia, recomendo utilizar os conceitos abordados neste artigo sobre marketing de experiência no varejo.

Outra boa ideia é trabalhar os diferentes sentidos do cliente: usar um aromatizador leve de ambientes, colocar uma boa trilha sonora e manter a temperatura da loja controlada são alguns exemplos de ações interessantes.

E mais: se você aproveitar a chegada do Dia das Mães para investir em melhorias no ambiente da loja, lembre-se este é um investimento que continuará dando frutos (atraindo clientes) ao longo do ano todo!

3. Prepare sua equipe de vendas

Para garantir que a loja esteja preparada para receber consumidores em busca de um presente especial para as suas mães, é essencial investir também no treinamento dos vendedores.

Garanta que a sua equipe esteja preparada para receber um número maior de clientes do que o normal. E também certifique-se de que eles conhecem bem o mix de produtos da loja e sejam capazes de dar boas sugestões de presentes.

É muito comum nessa época do ano aparecerem pessoas que desejam comprar “alguma coisa” para o Dia das Mães, mas que não têm uma ideia exata do que querem.

Nessas horas, ter vendedores bem treinados é fundamental para ganhar a confiança do cliente e evitar que boas vendas sejam perdidas.

4. Planeje-se para vender mais na véspera do Dia das Mães

Quem já tem uma certa experiência no varejo sabe que uma boa parte dos consumidores deixam para comprar os presentes na véspera do Dia das Mães.

Isso significa que são grandes as chances de você ter um sábado super movimentado na sua loja!

Por isso, deixe tudo bem planejado para não cometer erros no ponto de venda e certifique-se de que tudo funcionará perfeitamente nesse dia.

Não deixe produtos no meio do estabelecimento impedindo a circulação das pessoas, mantenha os itens em promoção bem visíveis e faça uma boa logística para garantir que não faltem produtos e todos os consumidores sejam bem atendidos.

5. Faça uma promoção especial

Uma estratégia interessante para vender mais no Dia das Mães é fazer uma promoção temática.

Primeiro escolha um prêmio. Pode ser um vale-presente de R$ 200, um jantar em um bom restaurante ou até mesmo uma viagem de fim de semana para mãe e filho, por exemplo.

Estipule um valor de compra mínimo para que o cliente tenha direito a participar da promoção. Digamos que seja R$ 100.

Há duas formas de fazer o sorteio:

Uma delas é dar chances iguais a todos os participantes, bastando comprar acima do valor estipulado.

A outra é ir aumentando as chances à medida em que o valor da compra aumenta

O cliente pode ter direito a um cupom da promoção a cada R$ 100, por exemplo. Quanto mais cupons ele tiver, maior a probabilidade de ser sorteado.  

Mas não esqueça que a propaganda é a alma do negócio! Divulgue sua promoção na vitrine da loja, nas redes sociais e em outros canais que achar relevantes.

6. Fique atento ao abrir novos crediários

Com o agravamento da crise econômica, a procura pelo crediário tem aumentado cada vez mais entre pessoas que buscam ampliar seu poder de compra no comércio.

Nesse contexto, é possível que muitos consumidores aproveitem o Dia das Mães para abrir um crediário na sua loja.

E isso é ótimo!

👍

Mas atenção:

O crediário só pode ser aberto caso esse novo cliente preencha alguns requisitos.

Para não se surpreender com um aumento na inadimplência, não esqueça de cadastrar esse consumidor e consultar os órgãos de proteção ao crédito antes de aprovar a venda.

Melhor ainda: faça uma análise de crédito completa antes de confirmar ou negar a abertura de crediário.

Como a sua loja está se preparando para esta importante data do comércio nacional? Pensando em ajudar o seu negócio, a equipe do Meu Crediário preparou um kit com diversos conteúdos gratuitos para quem busca estratégias para vender mais no Dia das Mães. Clique na imagem abaixo e confira!

Você vai se interessar também

Como vender mais no Dia das Mães em tempos de pandemia

O Dia das Mães é a segunda data mais importante para o varejo brasileiro, perdendo apenas para o Natal. É a oportunidade perfeita ...
11 min de leitura | 27/04/2021

Qual é a maturidade de crédito da sua rede de lojas?

É sempre melhor “mostrar” em vez de “contar”. Pare de falar e prove o que é capaz de fazer.  Li esta frase no ...
4 min de leitura | 22/04/2021
Vale a pena trabalhar com crediário próprio no ramo de óticas

Vale a pena trabalhar com crediário próprio no ramo de óticas?

Você tem uma ótica e está pensando em começar a vender no crediário próprio? Ou talvez já venda no carnê e está se ...
5 min de leitura | 09/04/2021

Deixe seu comentário sobre o artigo

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

A inadimplência não te deixa dormir?

Análise de crédito, cobranças automáticas e negativação de inadimplentes, tudo no mesmo sistema, tudo rápido e fácil.
Chega de preocupações!

A inadimplência não te deixa dormir?

Análise de crédito, cobranças automáticas e negativação de inadimplentes, tudo no mesmo sistema, tudo rápido e fácil.
Chega de preocupações!