Reabertura do comércio: como retomar as vendas após a quarentena

A reabertura do comércio com a flexibilização da quarentena da Covid-19 já é uma realidade em muitas cidades brasileiras. 

Mas ainda estamos longe de retornar ao estado “normal” das vendas, principalmente para quem trabalha com crediário próprio.

Será preciso reavaliar alguns procedimentos, em especial aqueles ligados a cobrança e análise, para ajustar a concessão de crédito no seu negócio a estes novos tempos.

Para ajudar você a se adaptar, gravei um vídeo com algumas recomendações importantes com base no que temos observado no comércio aqui em Santa Catarina, onde fica a sede do Meu Crediário.

Clique no play e confira:

A maioria dos clientes está ansiosa para pagar

A primeira coisa que já estamos percebendo com a retomada das vendas é que muitos lojistas estão preocupados se vão receber as parcelas que venceram durante a quarentena.

Aqui no nosso estado tivemos conhecimento de que várias lojas começaram a trabalhar de portas fechadas, focadas apenas em viabilizar os recebimentos. 

Os clientes eram avisados por meio de mensagens de Whatsapp ou SMS de que poderiam visitar a loja apenas para quitar o carnê que vencia naquele mês.

Muitas lojas que fizeram isso tiveram um índice de recebimento acima da média. 

Mesmo sendo uma prática questionável do ponto de vista da saúde pública, esse movimento demonstrou que boa parte dos clientes realmente estava ansiosa para pagar as parcelas em atraso.

Isso é muito bom!

Nossa avaliação é que a inadimplência terá uma alta pontual por enquanto, ficará um pouco acima da média por algum tempo, mas tende a voltar à normalidade.

A importância da análise de crédito para novas vendas

Um segundo ponto fundamental para quem vende no crediário é redobrar os cuidados com a análise de crédito após a reabertura do comércio.

A partir de agora TODAS as novas vendas no carnê devem passar por esse processo.

Esqueça todas as condições que você vinha utilizando até então para justificar uma venda sem análise de crédito.

Se antes era possível reaproveitar uma análise e consultar os bons clientes apenas de tempos em tempos, hoje não é mais seguro trabalhar assim.

Sabemos que as restrições impostas pela pandemia de coronavírus acabaram causando inúmeros prejuízos para a renda do consumidor.

Na prática, isso significa uma ampliação no risco das operações de crédito.

Ou seja:

Aquele cliente tradicional, que compra há anos na sua loja e sempre teve perfil de baixo risco, pode estar passando por dificuldades financeiras e você ainda não sabe.

Diante disso, sua loja não pode voltar a vender depois da quarentena sem repensar seu modelo de análise e reformular os critérios para avaliar o risco de crédito.

A vantagem para os usuários do sistema Meu Crediário é que eles não precisam se preocupar com isso. 😉

Nossa equipe de desenvolvimento está trabalhando diariamente para adaptar nosso motor de crédito à nova realidade do mercado pós-coronavírus.

Sua única preocupação deve ser analisar todo mundo, sem exceção!

Procura pelo crediário tende a aumentar

Quem acompanha os noticiários já deve ter visto que alguns bancos estão aumentando os juros e reduzindo limites para financiamento a empresas e consumidores.

Consequentemente isso vai ter um impacto nas vendas pelo crediário.

Por que eu digo isso?

Porque o consumidor que teve o limite reduzido pelo banco vai buscar financiar suas compras com a própria loja.

É muito provável que ele deixe para usar o cartão de crédito na farmácia, no supermercado ou no posto de combustível, por exemplo.

Por um lado esse aumento na procura pelo crediário é uma boa notícia para quem precisar atrair clientes e alavancar as vendas após a reabertura do comércio.

Mas por outro, tendo em vista o aumento no risco de concessão de crédito, é um sinal de alerta para que as lojas invistam ainda mais na análise.  

Afinal de contas, é preciso estar pronto para atender esse consumidor da melhor maneira possível sem correr riscos desnecessários na operação.

Chegou a hora de investir em tecnologia de crédito

Se você trabalha com crediário próprio, a crise causada pela pandemia de Covid-19 veio apenas reforçar a necessidade de contar com uma plataforma especializada em concessão de crédito.

Digo isso porque nós já estamos percebendo uma demanda maior de redes de lojas procurando esse tipo de solução.

Lojistas dos mais diversos portes estão entrando em contato com a gente, interessados em implantar nosso sistema para garantir a segurança (e a lucratividade) das suas operações de crediário.

Então não importa se você tem apenas uma loja ou uma rede com 30, 40, 50 unidades.

O importante é se preparar de forma adequada para esse momento singular que o comércio está passando.

Tenha em mente que esta é uma crise diferente das que você, como empresário, viveu em outros anos.

Posso dizer que aqui no Meu Crediário nós já passamos tanto por crises regionais (como enchentes, por exemplo) quanto nacionais.

E que já aprendemos muito sobre como o risco de crédito pode variar diante das mais variadas situações de mercado. 

Mas o que enfrentamos agora é uma crise global, com um impacto fortíssimo tanto na economia quanto na saúde das pessoas.

Por isso, quero terminar este artigo reforçando nosso compromisso com o varejo.

Estamos concentrando esforços para compreender os reflexos do coronavírus no mercado de crédito, coletando dados e realizando análises estatísticas para ajustar nosso modelo de análise de forma rápida e eficaz. 

Tudo para garantir a segurança e a viabilidade da sua operação após a reabertura do comércio. 

Se você vende no crediário próprio, pode contar com a gente!

Você vai se interessar também

Como-o-Meu-Crediário-ajuda-grandes-redes-a-reduzir-a-inadimplência

Como o Meu Crediário ajuda grandes redes a reduzir a inadimplência

Se você chegou até aqui, talvez esteja se perguntando: como reduzir a inadimplência na minha loja? Identificar essa necessidade ...
5 min de leitura | 12/11/2020
black-friday-no-crediario

Black Friday 2020: como se adaptar e criar as melhores ofertas

Estamos nos aproximando do final do ano e já está na hora de preparar sua loja para um dos eventos mais importantes para o comércio ...
9 min de leitura | 03/11/2020
Reduzir inadimplência e aumentar as vendas: como um afeta o outro

Reduzir inadimplência e aumentar as vendas: como um afeta o outro

Quem vende no crediário sabe que são muitos indicadores para acompanhar, o que, muitas vezes, deixa os lojistas bastante confusos.  Algumas ...
5 min de leitura | 21/10/2020

Deixe seu comentário sobre o artigo

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

A inadimplência não te deixa dormir?

Análise de crédito, cobranças automáticas e negativação de inadimplentes, tudo no mesmo sistema, tudo rápido e fácil.
Chega de preocupações!

A inadimplência não te deixa dormir?

Análise de crédito, cobranças automáticas e negativação de inadimplentes, tudo no mesmo sistema, tudo rápido e fácil.
Chega de preocupações!