Planejamento estratégico e crediário próprio: definindo os valores da empresa

Quem está começando um negócio obrigatoriamente precisa elaborar um planejamento estratégico para vender seus produtos ou serviços, fidelizar o cliente e garantir o sucesso do negócio. Já quem está no mercado há mais tempo, rever os planos traçados anteriormente se faz necessário de tempos em tempos.

Além de definir os objetivos do negócio, o planejamento estratégico visa estabelecer os valores, o significado, a missão e a visão de futuro da empresa.

O lojista que oferece um sistema de crediário a seus clientes deve ter claro como essa forma de pagamento vincula-se aos planos e à posição da empresa no mercado. As ações de uma empresa que oferece a possibilidade de pagamento parcelado devem estar pautadas na sua filosofia. Vale fazer a pergunta: em que valores minha empresa se baseia? Que fundamentos a definem?

Acompanhe a seguir as etapas para um planejamento estratégico eficiente:

Etapas do planejamento estratégico

Definição da missão

É a razão de ser da empresa, ou seja, a definição clara do que a empresa ou organização se propõe a fazer, como quer fazer e para quem será feito. A definição deve ser simples, sucinta e direta. Qual é a missão da empresa ao optar pelo sistema de crediário próprio? Por que adotar esse sistema e para quem ele é feito?

Definição do negócio

Para evitar que a empresa seja vista de forma imprecisa, estabeleça um significado para suas atividades. Em outras palavras, deixe claro do que se trata o seu negócio.

Definição dos valores

A definição de valores diz respeito aos princípios e crenças da empresa. Eles devem guiar o comportamento, as atitudes e as decisões de todas as pessoas envolvidas com a empresa.

Definição da visão de futuro

Que imagem você tem da sua empresa no futuro? Estabeleça uma visão de futuro para o seu negócio e a conecte diretamente à satisfação do consumidor. A realização dessa visão deve ser pensada a médio e longo prazo.

Avalie o ambiente interno e externo

Com os conceitos acima definidos e tendo-os sempre em mente, os gestores e a equipe precisam avaliar as condições internas e o ambiente organizacional a fim de levantar os pontos fortes e fracos do empreendimento. Nesse contexto é importante avaliar como anda o fluxo de informações, a gestão das finanças e o controle da gestão.

O próximo passo é avaliar o ambiente externo, levando-se em conta o que está a sua volta, ou em volta do negócio, como aspectos culturais, sociais, econômicos, políticos, legais e tecnológicos. São os fatores externos que impactam na relação entre o negócio, o cliente, a concorrência e os fornecedores.

Defina as estratégias específicas ao seu tipo de negócio

Defina as estratégicas de curto, médio e longo prazo

Comece pelas ações que você pretende realizar em um período de um ou dois anos: que público sua loja pretende atingir e quais as estratégias de marketing serão utilizadas? Qual será o critério para a concessão de crediário? Como se dará o registro/cadastro dos clientes? Que ações serão feitas para fidelizá-los? Como lidar com a inadimplência? Essas perguntas, específicas e fundamentais ao um sistema de crediário, guiarão suas principais estratégias.

Com as estratégias de curto e médio prazo definidas, ou encaminhadas, estabeleça aquelas ações que você pretende realizar em um período superior a dois anos. Determine os objetivos relacionando-os ao seu sistema de crediário e aos recursos a serem recebidos com ele.

Uma alternativa de grande auxílio na hora de elaborar as estratégias para o crediário são as ferramentas de análise de crédito. Com softwares especializados, o lojista tem acesso ao histórico de compras dos seus clientes, o que permite a ele estabelecer um quadro comparativo sobre as vendas e saber quais pontos precisam de ajustes – o que é sem dúvida essencial para estratégias competitivas. O sistema ainda permite ao lojista vender no crediário com riscos e oportunidades calculadas, controlando a inadimplência e planejando estratégias para diminui-la.

Planejamento estratégico e crediário próprio

No momento de decidir a forma de pagamento, 37% dos consumidores que usam o crediário optam por essa modalidade para ter a possibilidade de parcelar as compras em mais de uma vez, com intuito de evitar o impacto que o custo tem na renda mensal; isso confirma a escolha acertada de quem planeja oferecer o crediário próprio em sua loja. Além de gerar mais vendas, o crediário é uma forma de ter retorno sob o investimento e ainda permite um maior controle financeiro das finanças, algo importante para a manutenção do negócio.

Mas não se esqueça: dada a correria do dia a dia, por vezes o planejamento estratégico – com seus valores, missão e objetivo do negócio – se perde e passa a ser secundário. Para evitar que isso aconteça, reavalie seus planos de tempos em tempos e garanta que o negócio está no caminho certo.

Gostou do artigo? Deixe seu comentário! Para saber mais sobre como o crediário pode auxiliar nas vendas, continue acessando nosso blog.

mc_cta_webinar_vendercrediario

Jeison I. Schneider

Jeison I. Schneider

CEO do Meu Crediário
Jeison I. Schneider

Últimos posts por Jeison I. Schneider (exibir todos)