Crediário: a próxima onda (de novo)

O crediário, uma das ferramentas financeiras mais utilizadas pelos brasileiros, já foi muito popular antes do acesso facilitado aos cheques, cartões de crédito e empréstimos. Agora, devido à crise que o país enfrenta, ele volta a ser uma ótima opção para os lojistas que desejam fidelizar com força máxima seus clientes.

Aliado a um bom processo de pós-venda, esse sistema permite uma aproximação maior com o consumidor e gera ótimos resultados para o negócio.

Como funciona o crediário?

Com total controle sobre a forma de parcelamento de seus produtos, o lojista pode oferecer um número de parcelas maior do que as 12 vezes permitidas pelo sistema de cartão de crédito. Essa é uma das características do crediário que se destaca na hora em que o consumidor vai escolher onde fará suas compras. A probabilidade é de que ele opte pelo local que ofereça melhores condições de pagamento e que, após a primeira compra, ele retorne – agora não mais como mero consumidor, mas como cliente fiel da loja.

Dicas para a implantação do crediário

Quando mal planejado, o crediário pode trazer muita dor de cabeça. Pensando nisso, separamos algumas dicas para colocá-lo em prática no seu negócio:

1. Faça análise de crédito

Antes de abrir um crediário para um potencial cliente, é preciso realizar a análise de crédito, que nada mais é do que estudar a possibilidade de conceder crédito a uma pessoa física ou jurídica. Assim, é possível compreender a veracidade das informações e as condições que o consumidor tem de honrar seus compromissos financeiros.

Para realizar essa análise de crédito, é preciso dispor do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC) e da Serasa Experian. Com esses serviços, o lojista irá vender com mais segurança e também contribuir para o controle de inadimplência do país.

2. Invista em um Sistema de Cadastro

É de extrema importância investir em um bom sistema de cadastro de clientes. Isso porque é através desse sistema que será possível arquivar o histórico de compras e de pagamentos, controlando com mais assertividade a evolução do crédito que foi concedido.

Através do sistema de cadastro é possível conceder alguns benefícios aos clientes, por exemplo: um cliente que não atrasa suas parcelas e compra com frequência pode ter seu limite ampliado ou ser beneficiado com descontos exclusivos em suas próximas compras.

3. Tenha um bom plano de cobrança

É fato que haverá casos de atrasos e até mesmo de não pagamento das parcelas. Por isso ter um bom plano de cobrança é inevitável, já que é ele quem irá evitar perdas financeiras para a sua loja e até mesmo para o cliente.

Comece enviando um SMS para lembrar da falta de pagamento. Se o cliente entrar em contato, ofereça desconto para o pagamento total das parcelas ou para um novo financiamento. Caso o envio do SMS não tenha efeito, parta para uma ligação e em últimos casos envie um cobrador ao endereço do cliente. Para mais informações sobre cobrança por SMS, leia o post Cobrança por SMS: Conheça as vantagens

4. Aproveite a tecnologia ao seu favor

Outra dica para fazer do seu crediário um sucesso é aproveitar as facilidades que a tecnologia tem a oferecer, ou seja, utilizar as ferramentas que estão disponíveis no mercado para torná-lo muito mais moderno. Através de softwares de análise de crédito e cobrança, por exemplo, é possível manter-se atualizado sobre o comportamento dos clientes e planejar estratégias personalizadas, aumentando as vendas e diminuindo os riscos de inadimplência.

Procurando um sistema para implementar ou melhorar o crediário no seu negócio? Não perca tempo e conheça agora o Meu Crediário!

 

MC_CTA_eBook_NovosNegocios