Como se preparar para a implementação de tecnologias no seu modelo de crediário?

O varejo do século XXI tem uma característica muito importante: ele está assimilando tecnologias inovadoras para garantir um trabalho mais eficiente e uma experiência mais positiva para os clientes.

As grandes preocupações são aumentar a eficiência – ou seja, o aproveitamento dos recursos disponíveis – e aumentar a eficácia – ou seja, melhorar os resultados quantitativos e qualitativos.

No caso do modelo de crediário, as empresas desejam criar cadastros mais detalhados, que possam servir como uma ferramenta cada vez mais poderosa na hora da análise de crédito e, assim, prevenir a inadimplência. Ao mesmo tempo, as empresas precisam fazer com que o processo de criação e análise do cadastro flua rapidamente, para manter o cliente satisfeito.

Nessa busca, alguns recursos tecnológicos – como os CRMs, softwares de gestão da carteira de clientes – são grandes aliados. Mas estes recursos mudam a cada novo mês, a cada ano, trazendo mais complexidade. Será que você e sua empresa estão prontos para acompanhar a corrida da evolução tecnológica? Veja como não ficar para trás:

1. Participe de eventos

A tecnologia muda e se desenvolve rapidamente e filtrar o que é realmente relevante pode ser uma tarefa difícil; a melhor maneira de se manter a par dos avanços que importam é através do diálogo com outros profissionais. Por isso, eventos como os encontros anuais da National Retail Federation, nos EUA, que é considerada a maior convenção sobre comércio varejista do mundo, são uma excelente oportunidade.

Durante as palestras de especialistas e sessões de networking, você pode descobrir quais inovações tecnológicas estão surgindo e como aplicá-las ao seu negócio. E, caso você e sua empresa não possam participar dos eventos de grande porte – nacionais ou internacionais –, pesquise os encontros de empreendedores da sua região e até mesmo de sua cidade. Qualquer troca de informações é válida para descobrir novos recursos.

2. Treine seus funcionários

Algumas tecnologias já estão ao alcance de qualquer negócio. É o caso, por exemplo, da consulta de crédito através do SPC e Serasa; é uma opção com excelente custo-benefício e muito fácil de implementar, permitindo melhorar a concessão de crédito do seu comércio. Mas por que tantas empresas varejistas têm dificuldade de incorporar essa tecnologia ao seu modelo de crediário?

A resposta é muito simples: falta oferecer o treinamento certo ao departamento de recebimentos e cobranças. A verdade é que muitos trabalhadores estão acostumados a formas antigas de trabalhar e não conhecem os procedimentos para usar uma nova tecnologia. Para garantir que aquele recurso, adotado para otimizar o crédito e reduzir a inadimplência, seja aproveitado da maneira adequada, é mandatório treinar (e, em alguns casos, “disciplinar”) os funcionários a utilizarem a tecnologia de maneira correta.

3. Atenha-se ao básico

Algumas tecnologias prometem revolucionar não apenas o seu modelo de crediário, mas todo o modelo de gestão da sua empresa, com funcionalidades e recursos que parecem um show pirotécnico. Porém, é preciso tomar cuidado; novidade não é sinônimo de aprimoramento, e mais não é sinônimo de melhor.

Em outras palavras, é importante adotar tecnologias que possam representar um ganho real para sua empresa – seja um ganho de tempo ou de dinheiro. Porém, a mudança pela mudança, sem objetivo definido, causa apenas transtornos. Por isso, avalie cada nova alternativa antes de implementá-la, e atenha-se ao básico – pelo menos, até que você domine muito bem o processo de integração de tecnologias à gestão financeira e comercial.

E então, sua empresa está pronta para adotar novas tecnologias no modelo de crediário próprio? Se você tem dúvidas sobre este processo, escreva para nós. Aproveite e leia também Como a tecnologia está melhorando a maneira de se fazer análise de crédito.

MC_CTA_eBook_VantagensCrediario