Como negociar com clientes inadimplentes?

Um dos maiores problemas enfrentados pelas empresas é a dificuldade de receber de seus consumidores dentro do prazo e os riscos de inadimplência. Isso porque, com o atraso dos pagamentos, o fluxo de caixa da companhia pode ficar comprometido. Para ajudar a reverter esse problema, preparamos dicas para fazer uma boa negociação com clientes inadimplentes.

Entenda o comportamento do cliente

É essencial que você compreenda o que impediu o consumidor de não efetuar o pagamento da fatura ou das parcelas referentes ao boleto em questão. Confira no ato da abordagem ao cliente o que você pode fazer para ajudá-lo a resolver da melhor forma a situação, mesmo que o pagamento da dívida seja em parcelas. Compreender a situação do inadimplente é a melhor forma de você obter êxito na quitação da dívida.

Fale sobre as vantagens que o cliente perderá com a dívida

Na hora da negociação, é muito importante que você evidencie todos os benefícios que o consumidor irá perder caso não regularize seu débito. E as vantagens perdidas são as mais diversas possíveis, e que podem complicar um pouco a vida do inadimplente, como solicitação negada de crédito. O cliente pode perder seu cadastro na empresa em que está devendo, ter seu nome incluído no cadastro do SPC, SCPC ou SERASA, além de outras instituições de consulta de crédito, entre outras desvantagens.

Faça um planejamento da negociação

Antes de entrar em contato com seu cliente, prepare um bom planejamento a fim de negociar da melhor maneira com o inadimplente. Para obter sucesso na prática, você pode avalia-lo com os dados do cadastro e seu perfil, e assim conseguir uma abordagem para resolver a dívida.

Demonstre interesse em tê-lo como consumidor

Ao negociar com o cliente, demonstre a intenção de ajudá-lo e a preocupação da empresa em tê-lo como consumidor. Dessa forma, ele se sentirá importante para os negócios da companhia e terá mais empenho em resolver sua situação de inadimplência, pagando dessa forma o que está em débito em seu cadastro.

O que fazer para evitar a inadimplência?

Seja transparente quanto às formas de pagamento

Sempre deixe claro para o cliente sobre as condições de pagamento, como formas e prazos, valor total, parcelado ou à vista, e claro, todas as consequências de não pagar a conta na data certa. As implicações podem envolver juros, multas e até mesmo a interrupção do serviço prestado. É importante levar em conta que muitos consumidores se esquecem de pagar o boleto dentro do prazo, por isso é válido lembrá-los ao menos um dia antes do vencimento.

Facilite as formas de pagamento

É indicado que as formas de pagamento para o consumidor sejam facilitadas. Existem as novas formas do mercado, como os cartões, mas é importante oferecer também os crediários. Eles fidelizam o cliente, além de trazê-lo ao seu estabelecimento todos os meses, oportunizando assim que a sua relação com ele seja trabalhada. Os pagamentos com cheque devem ter atenção redobrada, já que a conta do consumidor pode não ter fundos, aumentando as chances do não recebimento do dinheiro.

E você, tem alguma dica para fazer uma boa negociação com os clientes inadimplentes? Conta pra gente!

MC_CTA_eBook21_CadastroClientes