Como negativar um cliente devedor no crediário

Negativar um cliente é um dos últimos recursos para tentar recuperar uma dívida no comércio.

Além de representar um custo para o lojista, o fato de inserir o nome do consumidor em um cadastro de inadimplentes traz uma série de consequências para a pessoa negativada.  

Por isso, recorrer a serviços como SPC e Serasa para negativar devedores é algo que deve ser feito apenas quando esgotadas todas as tentativas de cobrança amigável.

Mas se você vende no crediário, pode ter certeza:

Cedo ou tarde isso vai acontecer!

Onde fazer a negativação?

O Serviço de Proteção ao Crédito (SPC) é uma instituição privada que reúne informações sobre consumidores e empresas que devem no mercado.

É a principal empresa do ramo no país e foca principalmente nos dados sobre os devedores no comércio, enquanto sua principal concorrente (Serasa) trabalha principalmente com a inadimplência em financiamentos bancários.

Há ainda outras empresas, como a Boa Vista Serviços (SCPC), e também iniciativas recentes focadas no cadastro positivo, como a Quod.

Contudo, o SPC segue firme como o cadastro mais utilizado pelos lojistas em geral.

Mas você sabe como fazer para negativar um cliente de forma correta nesses serviços?

Confira a seguir:

5 passos para negativar um cliente devedor

  1. Mantenha o cadastro completo do cliente na loja. Para negativar um devedor é preciso informar todos os dados da pessoa e da dívida, tais como valor, data de vencimento, data da compra, nome completo, CPF, endereço e etc. Por isso, procure confirmar todas as informações necessárias na hora da compra para não ter surpresas mais tarde. Se houver alguma divergência nestes dados – se o nome não bater com o CPF, por exemplo – o sistema irá recusar a negativação.
  2. Tenha um documento assinado confirmando a dívida. Muitas lojas que trabalham com crediário usam nota promissória ou carnê. Para reduzir as chances de ser acionado na justiça por alguém contestando uma cobrança indevida, o lojista deve solicitar ao cliente que apresente um documento com foto para conferência da assinatura no momento da compra.
  3. Verifique o tempo de atraso da prestação. Apesar da lei permitir cadastrar alguém como inadimplente no dia seguinte ao vencimento da dívida, recomenda-se esperar entre 30 e 45 dias para fazer a negativação. Nesse período você deve ligar para o devedor, informá-lo sobre o débito e tentar renegociar a dívida. Não esqueça: antes de negativar um cliente é preciso esgotar todas as possibilidades de negociação.
  4. Acesse o sistema do SPC (ou o birô de sua preferência) para fazer a negativação. No caso do SPC Brasil, para utilizar os serviços você deve ser associado à Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) da sua cidade e pagar uma taxa de uso. A negativação pode ser feita pela internet ou dirigindo-se a um posto de atendimento com todos os documentos necessários. Outra opção é utilizar um sistema de gestão de crediário que já ofereça a opção de negativar o devedor entre suas funcionalidades.
  5. Retire o nome do cliente assim que ele quitar a dívida. É importante não esquecer de descadastrar o consumidor do sistema dentro do prazo legal para que ele tenha novamente o “nome limpo” e possa voltar a comprar a prazo no comércio. Se sua loja demorar mais do que cinco dias para fazer isso, pode estar sujeita a uma ação por danos morais. Para não correr este risco, procure utilizar uma solução para gerenciar o processo de cobrança que cancele automaticamente o cadastro no birô de crédito assim que registrar o pagamento.

Por que é importante negativar? 

Ao incluir um cliente inadimplente no banco de dados de empresas como SPC Brasil, Serasa e Boa Vista, você ajuda o mercado de crédito a conhecer melhor a capacidade de pagamento do consumidor.

A lógica é simples:

Quanto mais lojistas tiverem o hábito de negativar devedores nestes serviços, maior será a qualidade da análise de crédito feita com base nos dados fornecidos para consulta.

Mas os benefícios da negativação não param por aí. 

Em média, algo entre 35% a 50% dos clientes inadimplentes pagam suas dívidas quando descobrem que estão com o “nome sujo”.

Além disso, sofrer as restrições de crédito decorrentes dessa condição pode até mesmo ajudar esses consumidores a reorganizar suas finanças.

Com o crédito negado fica mais difícil contrair novas dívidas no comércio, e isso pode evitar que essas pessoas compliquem ainda mais sua situação.

Diante disso tudo, um lojista pouco experiente pode chegar à seguinte conclusão:

Se negativar devedores funciona tão bem, por que não posso fazer isso no momento em que vence a prestação?

Na verdade, poder você pode…

Mas não deve!

Vou explicar por quê.

Existe um prazo legal para negativar um cliente?

  • Em geral, você pode negativar inadimplentes a partir de 1 dia de parcela vencida, alguns estados possuem regras próprias.
  • Não há nenhuma restrição no Código de Defesa do Consumidor no que diz respeito ao prazo para negativação de devedores no comércio.
  • Em tese, a partir do momento que o cliente está em débito com a loja, ele pode ser registrado como inadimplente.

Mas você conhece alguma loja que faz isso na prática?

Fiz um vídeo rápido falando exatamente sobre isso. Vale dar uma olhada nele antes de continuarmos.

Entendeu o que eu quero dizer?

Mais do que uma simples rotina financeira para sua loja “correr atrás do prejuízo”, a cobrança de devedores deve ser vista como uma ferramenta de relacionamento com o cliente inadimplente.

Ao avisá-lo sobre a prestação em atraso e dar um prazo razoável para que ele procure a loja para fazer o pagamento, você está demonstrando que não deseja apenas receber uma dívida e se livrar de um “cliente ruim”.

Seu objetivo deve ser recuperar o crédito daquele consumidor, para que ele possa voltar a comprar na sua loja com condições mais adequadas à sua capacidade de pagamento.

Ok. Isso você já entendeu.

Mas a pergunta principal ainda está no ar:

Com quantos dias devo negativar um cliente devedor? 

Se você for pesquisar o comportamento das grandes redes varejistas, verá que o prazo máximo para cadastrar um devedor no SPC ou SERASA é de aproximadamente 35 dias após o vencimento da parcela.

Agora… se for olhar para o dia a dia do pequeno varejista, vai perceber que a coisa não é bem assim.

Eu, por exemplo, conheço lojistas que levam até 180 dias (!!) para negativar um cliente, por pura falta de organização na gestão do crediário.

Alguns deles nós conseguirmos ajudar com o sistema Meu Crediário.

Agora eles fazem a negativação entre 35 e 45 dias após a data de vencimento, que é o prazo ideal para lojas que atuam nos ramos de confecção, calçados e ótica.

A partir daí, se em até 60 dias não conseguem chegar a um acordo, recomendamos buscar outros meios para garantir o pagamento. Isso inclui o protesto da dívida ou, em último caso, uma ação judicial.

Mas ninguém quer que coisa chegue a esse ponto, não é?   

Por isso, é fundamental que você tenha ferramentas baratas e automáticas para fazer funcionar a cobrança extrajudicial, mais conhecida como “cobrança amigável”.  

Tecnologia para cobrança e análise de crédito

Quem já é usuário do Meu Crediário sabe:

Ter uma plataforma digital e 100% online para automatizar as ações de cobrança é a maneira mais fácil e barata de entrar em contato com clientes em atraso.

Assim que uma prestação vence e seu pagamento não é registrado, o sistema aciona automaticamente uma rotina de ações, que podem incluir contatos por SMS, WhatsApp, carta de cobrança ou ligação telefônica.

Tudo é feito de acordo com um cronograma padrão, com prazos determinados para o disparo de cada ação.

Com isso, buscamos chamar os clientes inadimplentes de volta à loja para acertar o pagamento ou ao menos propor uma negociação da dívida.

Quando utilizamos um sistema de cobrança automatizada, todo esse processo se torna muito mais simples e eficaz.   

Com o Meu Crediário, acredito que conseguimos unir a eficiência na cobrança com a segurança na análise de crédito.

E por que estou mencionando a análise de crédito se o assunto desse artigo é negativar clientes devedores?

Por um motivo muito importante:

Investir em análise de crédito é economizar na cobrança

Como já disse, o ideal é evitar que a situação de inadimplência se agrave ao ponto da loja precisar incluir o nome do cliente no SPC (ou no órgão de proteção ao crédito da sua preferência).

Se a sua loja precisa recorrer constantemente à negativação, está mais do que na hora de investir na qualidade das suas vendas.

Lembre-se que a eficiência na cobrança começa com uma boa análise de crédito.

Ou seja:

De nada adianta gastar tempo e recursos para cobrar quem não tem condições de pagar!

Antes de vender no crediário tenha certeza de que o valor da compra e a quantidade de parcelas estão adequadas à capacidade de pagamento daquele cliente.

E para obter essa informação você precisa contar um método eficiente de análise de crédito.

Uma solução que seja capaz de avaliar o perfil dos clientes e classificá-los de acordo com o risco de inadimplência no momento da compra.

Assim você pode tomar a decisão de conceder ou não o crédito com base em informações confiáveis.

Investindo em análise você conseguirá reduzir significativamente o índice de inadimplência da loja e recorrer cada vez menos aos serviços de proteção ao crédito para negativar um cliente.

É por isso que indico o Meu Crediário a todos que deseja otimizar a gestão das suas vendas a prazo. 

Com a nossa plataforma, estamos colocando nas suas mãos uma ferramenta única para faturar mais vendendo no crediário.

Ficou curioso?

Clique aqui e teste o Meu Crediário por 7 dias grátis!

Você vai se interessar também

É seguro vender para cliente conhecido sem analisar o perfil de risco?

Você oferece crediário na sua loja e, ao vender para conhecido, costuma se questionar: será que compensa analisar o perfil ...
4 min de leitura | 28/07/2020
Pix novo meio de pagamento

Pix o novo meio de pagamento no Brasil. O que muda no seu crediário?

Você já ouviu falar do novo modo de pagamento chamado Pix? Desenvolvido pelo Banco Central, o Pix é um meio eletrônico para ...
4 min de leitura | 16/07/2020

Como as vendas a prazo podem te ajudar a manter seus clientes e aumentar as vendas

Independentemente do segmento em que atue, uma loja só consegue se posicionar no mercado competitivo se souber vender os seus ...
4 min de leitura | 01/07/2020

2 comentários em “Como negativar um cliente devedor no crediário

  1. Pingback: Recuperação de crédito: como criar estratégias para profissionalizar o setor de cobrança | Rede Brasil Crediário

Deixe seu comentário sobre o artigo

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

A inadimplência não te deixa dormir?

Análise de crédito, cobranças automáticas e negativação de inadimplentes, tudo no mesmo sistema, tudo rápido e fácil.
Chega de preocupações!

A inadimplência não te deixa dormir?

Análise de crédito, cobranças automáticas e negativação de inadimplentes, tudo no mesmo sistema, tudo rápido e fácil.
Chega de preocupações!