Como a Batel Materiais descobriu o Meu Crediário e passou a vender a prazo com mais segurança

A Batel Materiais é uma loja de material de construção localizada na cidade de Antonina (PR). A história da sua relação com o Meu Crediário é um pouco diferente da de outros lojistas que utilizam o sistema.

Hélcio, o proprietário da loja, encontrou a ferramenta buscando na internet por soluções para vender a prazo com mais segurança.

Depois de visitar o site do Meu Crediário, ler artigos do blog e ver alguns vídeos do canal no YouTube, ele considerou que nosso modelo de gestão e análise de crédito era interessante e convidou a mim (Jeison) para apresentar a plataforma em um curso de crédito e cobrança que estava fazendo na região.

A partir daí a relação com a Batel Materiais foi se estreitando cada vez mais e hoje a loja obtém excelentes resultados utilizando nosso sistema na gestão do crediário próprio. Veja como foi o desenvolvimento de mais esse case de sucesso do Meu Crediário:

O problema: vender a prazo com mais segurança

Até maio de 2016 a Batel Materiais gerenciava seu crediário usando o sistema de PDV. As consultas ao SPC e Serasa eram feitas através de sistemas paralelos e a definição dos limites para cada cliente era feita de forma manual pelo proprietário da loja.

Quando Hélcio começou a estudar a fundo sistemas de análise e gestão de crediário, percebeu que era preciso evoluir seu modelo de gestão. Criar políticas de crédito, ter as consultas integradas e automatizar processos de cobrança. Enfim… dormir tranquilo sem medo da inadimplência e ter tempo para cuidar efetivamente do negócio!

Foi então que ele encontrou uma ferramenta que pudesse fazer tudo isso em uma única plataforma e a preço acessível: o Meu Crediário.

A solução: usar a análise de crédito do Meu Crediário

Assim que a Batel Materiais se tornou nossa cliente, a primeira ação que eles fizeram foi imediatamente passar a analisar todas as vendas novas que a loja passou a fazer no crediário. Aos poucos, foram passando todas as informações sobre as contas em aberto para o sistema Meu Crediário e começaram a administrar tudo em um só lugar.

A cultura para qualificação das vendas mudou radicalmente. Utilizando o Credit Scoring, agora é o sistema que faz a análise e avalia os riscos de vender para cada cliente no crediário, recomendando um limite de parcelas e o valor máximo da compra.

Outra ação de muito sucesso foi o envio de SMS para cobrança de inadimplentes. Assim que o cliente devedor completa 5, 15 e 25 dias em atraso, o sistema manda automaticamente uma mensagem lembrando sobre a parcela em aberto na loja.

Resultados: sono tranquilo e inadimplência de 5,18%

MCComo as vendas da Batel Materiais são de ticket médio mais elevado entre R$ 700 e R$ 1.500 a inadimplência tende a ser maior do que nas lojas de calçado e confecção. No entanto, a loja vem registrando uma inadimplência de 180 dias em torno dos 5,18%, controlada e dentro de níveis aceitáveis.

Esses índices são constantemente atualizados para deixar o Hélcio informado em tempo real sobre toda a operação de crediário na sua loja. Como o sistema funciona via web, pode ser acessado onde quer que ele esteja, de qualquer lugar do mundo.

“Antes eu não conseguia dormir pelo risco de tomar calote. Hoje eu durmo, pois minhas vendas agora são certeiras”, diz o proprietário da Batel Materiais no vídeo abaixo, onde ele conta como conseguiu vender a prazo com mais segurança usando o Meu Crediário. Confira:

MC_CTA_Whitepaper_Crediario