5 dicas para montar o seu crediário próprio

O crediário é uma ferramenta financeira muito conhecida também pelos consumidores como carnê. Mesmo com a democratização do acesso aos empréstimos e aos cartões de crédito – que pouco alcançou as camadas mais humildes da população – o crediário é uma das melhores opções de pagamento, pois estimula um relacionamento entre cliente e vendedor, base de diversas vantagens para o negócio.

Para o cliente, o crediário pode ser uma boa opção para financiar as compras e lutar contra a dependência dos bancos, que em épocas de crise e de momentos econômicos delicados seguram o crédito e negam o direito às compras.

Várias lojas fornecem crediário diretamente em suas unidades. Se você tem dúvida sobre se é possível oferecer crediário frente à situação econômica atual, saiba que a resposta é afirmativa. Separemos a seguir 5 dicas para você montar o seu negócio, mas antes, vamos lembrar algumas questões fundamentais sobre o crediário:

Por que apostar no crediário próprio?

Mais do que uma forma alternativa de realizar o pagamento, o crediário está associado a muitas vantagens para lojistas e consumidores, tais como:

Estabelecimento de um relacionamento mais próximo com o cliente

O crediário é uma das melhores formas de fidelizar o cliente. Com um cadastro completo do consumidor, é possível oferecer a ele promoções e vantagens personalizadas. Além disso, com a necessidade de retornar à loja para o pagamento das parcelas, você terá um cliente frequente, o que aumentam as chances de uma nova venda caso a loja faça um pós-venda bem planejado.

Taxas de juros mais baixas

Por não depender de qualquer instituição financeira ou banco, o sistema de crediário oferece taxas de juros mais baixas se comparado ao cartão de crédito ou cheque especial.

Parcelamento das compras

O consumidor pode parcelar suas compras da mesma forma que faria com um cartão de crédito, mas, dependendo da compra e do seu histórico na loja, ele tem a vantagem de estender o número de parcelas muito além das 12x estabelecidas como limite pelo cartão de crédito.

Melhorias no capital de giro

Muitas são as melhorias no capital de giro da loja graças à previsão a respeito de datas para entrada de capital em caixa.

Tomando os devidos cuidados, o crediário pode sim trazer inúmeros benefícios à loja. Se você está interessado nesse sistema de pagamento, atente-se a 5 dicas para você montar o seu crediário próprio:

5 dicas para começar um crediário próprio

1. Tenha um bom sistema de cadastro

É importante arquivar dados do cliente, assim como histórico de compras e pagamentos. Com o cadastro completo, é possível enviar por e-mail ou mensagens de texto novidades, oferecer produtos ou serviços complementares, aplicar estratégias de marketing, informar parcelas que estão próximas do vencimento ou que já passaram do prazo e realizar serviço pós-venda.

O sistema de cadastro pode incentivar o cliente a ser fiel à loja.

2. Realize análise de crédito

Ter acesso a um banco de dados é fundamental para dar mais segurança na hora de vender no crediário, afinal, é possível analisar os bons e maus pagadores e combater (e controlar) a inadimplência que ocorre em todo o país.

SPC e Serasa são dois serviços que você não deve esquecer!

3. Possua um plano de cobrança

Saiba que existirão clientes que atrasarão o pagamento ou não pagarão. É impossível um negócio que não tenha um inadimplente. Porém, você pode administrar esse risco com uma boa estratégia de cobrança.

Além de mandar a cobrança por e-mail ou mensagem de texto, a loja ainda pode apostar – se ambas alternativas não derem certo – em ligar para o cliente ou mesmo enviar um cobrador em seu endereço.

Um boa opção é utilizar aplicativos especializados em análise de crédito e cobrança.

4. Ofereça benefícios aos clientes

Embora existam os clientes problemáticos, saiba que a grande maioria paga em dia e está ciente das suas obrigações. Por isso, nada mais justo do que conceder algum benefício para mostrar sua afeição.

Uma ideia interessante é conceder descontos para quem faz o pagamento adiantado e na própria loja. A vinda até a loja pode gerar uma nova compra.

5. Fique de olho na concorrência

É essencial saber quais são os planos de financiamento adotados pela concorrência, que critérios eles utilizam para concessão de crédito e, claro, se o movimento de clientes aumentou.

Essa dica pode ser útil quando a loja precisa passar por reajustes ou mesmo para entender qualquer mudanças de comportamento da clientela.

Quer saber mais? Assista este vídeo que gravamos especialmente para você:

Querendo implantar o crediário próprio no seu negócio? O Meu Crediário vai te ajudar!

MC_CTA_eBook18_AtendimentoPDV

Você vai se interessar também

É seguro vender para cliente conhecido sem analisar o perfil de risco?

Você oferece crediário na sua loja e, ao vender para conhecido, costuma se questionar: será que compensa analisar o perfil ...
4 min de leitura | 28/07/2020
Pix novo meio de pagamento

Pix o novo meio de pagamento no Brasil. O que muda no seu crediário?

Você já ouviu falar do novo modo de pagamento chamado Pix? Desenvolvido pelo Banco Central, o Pix é um meio eletrônico para ...
4 min de leitura | 16/07/2020

Como as vendas a prazo podem te ajudar a manter seus clientes e aumentar as vendas

Independentemente do segmento em que atue, uma loja só consegue se posicionar no mercado competitivo se souber vender os seus ...
4 min de leitura | 01/07/2020

Deixe seu comentário sobre o artigo

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

A inadimplência não te deixa dormir?

Análise de crédito, cobranças automáticas e negativação de inadimplentes, tudo no mesmo sistema, tudo rápido e fácil.
Chega de preocupações!

A inadimplência não te deixa dormir?

Análise de crédito, cobranças automáticas e negativação de inadimplentes, tudo no mesmo sistema, tudo rápido e fácil.
Chega de preocupações!